non-sense

Uma doméstica com linguagem dadaísta. Na última quinta-feira (4), o púbico da exposição intervenção doméstica conferiu a performance da artista Ediane do Monte, com a apresentação intitulada Doméstica ou Transfer. Na bandeja, obras inusitadas, que demonstram a falta de sentido que muitas vezes abriga os objetos do mundo contemporâneo.

Confira como foi a apresentação de Ediane.

Comente esta notícia